Mopam organiza 4ª Caminhada pelo Autismo

Com apoio institucional da Prefeitura de Macaé, a 4ª Caminhada em prol do Dia Mundial de Conscientização do Autismo será realizada em 5 de abril, mês de conscientização sobre o transtorno, na Praia dos Cavaleiros. Realizado pelo movimento Motivados pelo Autismo de Macaé (Mopam), a atividade acontece anualmente com o objetivo de conscientização sobre o transtorno, reunindo familiares, amigos e simpatizantes à causa.

Além da organização da caminhada, o movimento comemora a conquista recente da publicação de decreto municipal, em 20 de janeiro, referente a implantação da Carteira de Identificação da Pessoa com Espectro Autista (CIPTEA). O decreto colocará em prática a lei federal Romeo Mion (lei número 13.977). O documento será fundamental para contabilizar os portadores do transtorno e, com isso, ter indicadores importantes para a implantação de políticas públicas.

Uma das fundadoras do Mopam, Lucia Anglada, mãe do Lucas (18 anos) comentou que, segundo estudos, a cada 59 nascimentos, um é autista. “Cerca de 1% da população mundial tem o transtorno. Se trouxermos para a realidade de Macaé, de 250 mil pessoas, segundo o último Censo, pelo menos, 2.500 pessoas são autistas. A Caminhada vai conscientizar a população sobre essas pessoas, que também são cidadãos: têm identidade, estudam, dirigem, votam”, explicou Lucia.

Também fundadora do movimento, Caroline Mizurine, mãe do Heitor (6 anos), acrescenta que a caminhada acontece sempre no mesmo ponto da Praia dos Cavaleiros, entre os Postos 1 e 2 . “A concentração será das 8h às 10h, quando começaremos a caminhar. Além do apoio da prefeitura, também temos apoio privado e colaboradores”, observou.

Uma das expectativas do movimento é que, ainda esse ano, se torne uma organização formalizada. “Atualmente, administramos grupos em redes sociais com a representatividade de cerca de 450 mães de portadores de autismo, de 1 a 30 anos de idade. Nesses grupos, tratamos questões referentes a cada faixa etária e suas questões. As mães das crianças têm dúvidas diferentes das mães de adultos com o transtorno”, explicou Caroline.

Quem deseja participar do movimento pode fazer contato pelos telefones (21) 983709557 e (21) 986661299. A página do facebook do movimento pode ser acessada aqui https://www.facebook.com/motivadospeloautismomacae/ .

O Autismo  – O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é em 2 de abril. Os transtornos do espectro autista (TEA) englobam uma série de diferentes apresentações do quadro, que têm em comum: maior ou menor limitação na comunicação, seja linguagem verbal e/ ou não verbal; na interação social; comportamentos caracteristicamente estereotipados, repetitivos e com gama restrita de interesses. Em Macaé, o tratamento do autismo pode se feito pelo Centro de Atenção Psicossocial Infanto-Juvenil Oficina da Vida (Capsi). O trabalho é feito por uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, psiquiatra, assistente social, fonoaudiólogos, terapeuta ocupacional, musicoterapeuta, fisioterapeuta, enfermeiro e técnico de enfermagem. O Capsi funciona no endereço Rua Dr. Francisco Portela 239. Contatos também pelo telefone 2796-1352.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *